quinta-feira, 26 de maio de 2011

Amar...mar...ar


Mesmo que pareça difícil,
Sempre te darei a mão.
Nada nos será
barreira.
Dou meu ar,
Sem medo de cair de cabeça
Nesse mar
Que é o amor.

Amar... mar... ar.

Thamires de Almeida

2 comentários: